Dicas sobre empréstimos urgentes

Numa altura em que os bancos recusam mais créditos do que aqueles que concedem as pessoas começam a procurar alternativas para conseguirem financiamento por vias menos convencionais. O problema é que nem sempre essas possibilidades são avaliadas da forma adequada e levam a problemas que se reflectem no futuro de quem envereda por essas opções fora do circuito bancário, nomeadamente os empréstimos urgentes, a grande moda do momento. Embora actualmente exista uma multiplicidade assinalável de mecanismos de acesso a um empréstimo, em período de crise conjugada com aperto orçamental as escolhas que se tomam raramente vão de encontro ao melhor negócio, passado muito pela aceitação de condições que em outras circunstâncias seriam motivo para travar qualquer avanço. Por isso, estar atento a todos os detalhes é fundamental para evitar que se torne vítima dos falsos empréstimos urgentes que os agiotas tentam vender aos menos cuidadosos. Resista à publicidade Hoje em dia os consumidores...

continuar a ler...

Dinheiro urgente

Hoje em dia quem deseja viajar, adquirir um computador novo, trocar de carro ou mesmo fazer obras em casa, pode acabar invariavelmente por aderir ao crédito rápido. Antigamente o processo era extremamente burocrático e moroso, mas felizmente hoje em dia existem as agências de crédito flash, que colocam-lhe na mão quantias previamente definidas, com taxas de juro um pouco mais elevadas, mas isentas de burocracias e porquês, sempre que a necessidade de dinheiro urgente. A grande maioria destas agências de crédito flash (como a Cofidis), operam por telefone ou internet, pelo que é realmente simples conseguir um crédito em poucos minutos e sem os tais porquês. Uma das vantagens deste tipo de créditos rápidos, é que podem ser pagos durante períodos até 8 ou 10 anos, dependendo da agência bancária com que trabalhar, facilitando-lhe o acesso a coisas que provavelmente nunca poderia ter sem ele. Esta maneira de se obter dinheiro rapidamente está...

continuar a ler...