Descubra como escolher um crédito particular

Os financiamentos concedidos são crescentemente escassos comparativamente aos registos do passado recente e as oportunidades de se ser um dos beneficiários é bastante reduzida. Ainda assim, os empréstimos continuam a ser “oferecidos” em larga escala, em Portugal, mantendo-se, por isso, a necessidade de os potenciais clientes terem de efectuar uma boa selecção para se conseguir o melhor negócio possível. A tarefa de perceber qual o financiamento mais adequado a cada situação não é simples. No entanto, está longe de ser impossível. Basta prestar atenção à publicidade e rapidamente se irá concluir que não faltam ocasiões de se obter o empréstimo desejado, contudo, e dada a variedade de alternativas disponíveis no mercado, como escolher um crédito particular? De que forma podemos usufruir de tal diversidade e sair a ganhar? Fácil. Seguindo quatro etapas elementares: pesquisa, identificação, avaliação e, finalmente, a subscrição. 1. Pesquisar O passo inicial consistirá numa pesquisa atempada tendo em vista...

continuar a ler...

Como evitar burlas em créditos particulares?

Embora não tenham ainda sido anunciadas as estatísticas anuais relativas às fraudes de crédito afectas aos titulares individuais, as autoridades calculam que o gravíssimo clima económico vivido em Portugal tenha favorecido o aumento deste género de crimes, à semelhança do que já se verificou com a preocupante subida dos crimes violentos. No entanto, os dados concretos não são conhecidos, pelo que a melhor atitude a tomar é seguir as recomendações para que não se integre a lista de vítimas deste tipo de delitos. Para que o leitor não passe a figurar nesse quadro indesejado deixamos-lhe um conjunto de dicas que tem servido para evitar burlas em créditos particulares e não deixa de ser frisado pelas autoridades bem como por entidades de defesa dos consumidores. Registe os conselhos e lembre-se de que todo o cuidado é pouco quando se trata destes assuntos. Fique atento e mantenha-se a par dos últimos esquemas para...

continuar a ler...