Saiba detectar burlas no crédito pessoal

Actualmente existe uma panóplia de alternativas dedicadas aos empréstimos individuais, tal como nos demais ramos desta categoria, mas por muito bom que isso seja há também o lado negativo da questão, ou seja, as tentativas de falcatruas que eventualmente podem surgir num momento de crise semelhante ao que se vive hoje em dia. Assim, manter o olho aberto para se evitar cair num desses esquemas é fundamental, pelo que frisamos no corrente artigo três dicas para que saiba detectar burlas no crédito pessoal. 1. Não ceda dados pessoais em situações de dúvida Qualquer entidade credível irá solicitar-lhe que faculte informações necessárias à avaliação e validação do contrato, no entanto, tais elementos devem ser fornecidos através de correio ou de forma presencial junto de representantes autorizados das empresas. Nunca exponha dados pessoais via telefone ou internet, sobretudo os mais delicados como o número de identificação fiscal (NIF), número de bilhete de...

continuar a ler...

Alerta de Burla: Empresa Cobrança Segura

O clima de sufoco económico vivido em Portugal tem propiciado no país a “explosão” de uma gigantesca vaga de fraudes ligadas à oferta de crédito a particulares. Numa altura em que conseguir este género de empréstimos recorrendo à via (mais) tradicional das instituições bancárias se tornou numa missão herculeana muitos portugueses não encontram outra alternativa e encaram as propostas que lhes cedem aval positivo como uma salvação, acabando na maioria dos casos por caírem no “conto do vigário”. Entre as mais recentes burlas desta natureza em território nacional está o esquema da Cobrança Segura, uma empresa cuja actividade ainda não foi oficialmente encerrada, apesar de as autoridades lusitanas já terem iniciado um processo de averiguações que terá inclusivamente levado à apreensão de parte do material existente na sede daquela entidade localizada na Lourinhã. Esquema bem montado e (aparentemente) legítimo De acordo com os dados públicos disponíveis acerca da Cobrança Segura sabe-se que era...

continuar a ler...

A enganadora facilidade dos empréstimos “imediatos”

Todos os dias somos bombardeados com publicidade mais ou menos descarada de mil e um financiamentos para tudo e mais alguma coisa. Seja através da imprensa, televisão, rádio ou internet, as mensagens de entidades a oferecerem “oportunidades” únicas não param de chegar e parece que em tempo de crise nascem como cogumelos… mas se é verdade que algumas propostas têm legitimidade há igualmente uma parte significativa que serve única e exclusivamente o propósito criminoso da fraude. O presente artigo vai precisamente no sentido de alertar para aqueles casos em que o objectivo é enganar os consumidores e visa despertar as mentes para situações como as burlas em créditos particulares, um dos mais lucrativos esquemas deste género de crime. Não iremos apresentar conselhos para evitar que seja vítima dos larápios mas reforçar a ideia fundamental de que como em qualquer financiamento também nos empréstimos imediatos os encargos monetários a prazo são têm...

continuar a ler...

Como evitar burlas em créditos particulares?

Embora não tenham ainda sido anunciadas as estatísticas anuais relativas às fraudes de crédito afectas aos titulares individuais, as autoridades calculam que o gravíssimo clima económico vivido em Portugal tenha favorecido o aumento deste género de crimes, à semelhança do que já se verificou com a preocupante subida dos crimes violentos. No entanto, os dados concretos não são conhecidos, pelo que a melhor atitude a tomar é seguir as recomendações para que não se integre a lista de vítimas deste tipo de delitos. Para que o leitor não passe a figurar nesse quadro indesejado deixamos-lhe um conjunto de dicas que tem servido para evitar burlas em créditos particulares e não deixa de ser frisado pelas autoridades bem como por entidades de defesa dos consumidores. Registe os conselhos e lembre-se de que todo o cuidado é pouco quando se trata destes assuntos. Fique atento e mantenha-se a par dos últimos esquemas para...

continuar a ler...

Evitar as burlas com cartões de crédito na internet

Quem navega na rede e se habituou a fazer transacções através de websites já terá muito provavelmente encontrado histórias de utilizadores vítimas do tipo de cibercrime mais comum nos dias de hoje, o fishing de informações bancárias. Assim, dada a gravidade do problema, indicamos-lhe no presente artigo um conjunto de conselhos para evitar as burlas com cartões de crédito na internet, pois nunca é demais estar informado sobre este assunto, especialmente se é um consumidor que usufrui regularmente dos serviços online, seja no espectro nacional ou internacional. Embora seja do conhecimento público que a web não é propriamente segura, apesar da falsa sensação que a possibilidade de anonimato transparece, a verdade é que uma parte considerável das fraudes com cartões de crédito na internet acontece porque os usuários não têm em atenção cuidados elementares de segurança. As indicações das autoridades e das próprias entidades (sites e instituições bancárias) são demasiadas vezes...

continuar a ler...

Empréstimos particulares – CUIDADO!

Ultimamente são muitos os anúncios que se podem ver na internet sobre créditos entre particulares. Normalmente estes anúncios mostram pessoas que estão dispostas a emprestar muito dinheiro e em que pedem poucas garantias. Como muita gente que recorre a este tipo de empréstimos tem o nome no Banco de Portugal ou não pode já recorrer ao crédito nas instituições financeiras, tentam esta derradeira hipótese. Mas cuidado, a maior parte desses anúncios são burlas. Muitas das pessoas por trás destes anúncios só querem enganar e nunca chegam a emprestar dinheiro. Muitos dos anunciantes nem se quer se encontram em Portugal. Se está com problemas financeiros, não procure meter-se em mais e tenha muito cuidado com este tipo de anúncios. Mesmo para os empréstimos entre particulares há regras! A grande maioria dos empréstimos entre particulares fazem-se em família ou entre amigos. Empresta-se dinheiro a alguém de conhecido ou amigo, com quem se tem...

continuar a ler...